Jornal do Brasil

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Economia - Balcão de Emprego

Como promover um processo seletivo com sucesso?

Jornal do Brasil

No mercado de trabalho, a forma mais utilizada para a contratação de funcionários é o tradicional processo seletivo. Mas, ao organizar uma seleção, a empresa deve alinhar as características que procura em um candidato, a visão da empresa e as aptidões profissionais inerentes à vaga. Conciliar essas três demandas pode parecer desafiador, mas é possível.

Eduardo Abreu, sócio da consultoria executiva Unique Group e responsável por coordenar a divisão voltada para novos líderes, preparou cinco dicas para que os executivos responsáveis pelos departamentos de RH consigam melhorar e ampliar o alcance na busca por um funcionário com o perfil desejado pela empresa.

1- É de extrema importância ter uma avaliação mais ampla da real função daquele cargo, o descritivo técnico e o que realmente esperar para aquela “cadeira” que será ocupada. Além disso, se possível, desenhar os próximos passos para esse profissional, e os objetivos que serão traçados. Esse passo é importante, pois dependendo do desafio, as características comportamentais serão bem diferentes.

2- No desenho do cargo, detalhar os aspectos técnicos que realmente serão necessários para a função. Muitas vezes, um gestor inclui características ou competências que não serão necessárias, e perde bons profissionais na triagem. Depois de bem detalhado os aspectos técnicos e comportamentais, avaliar o mercado.

3- No mercado de constantes mudanças que estamos vivendo, por mais que exista uma “cartilha” ou descritivo de um perfil, é importante analisar potenciais. Hoje, com a nova geração, nos surpreendemos com profissionais super jovens que trazem ideias bem diferentes e disruptivas, que podem agregar muito em determinados setores.

4- Em uma seleção, é importante analisar “o todo”. Determinadas posições o fator técnico é muito mais relevante que o comportamental, e vice-versa. Mas o importante é sempre analisar o conjunto das competências.

5- O profissional de Recrutamento e Seleção precisa realmente se aprofundar nos objetivos do seu cliente interno. Entender os objetivos da área, os desafios do profissional que irá entrar, e principalmente conhecer o perfil do cliente. Saber que tem que trazer alguém que “combine” com a estrutura, modelo de gestão. Esse fator é de extrema importância para que não ocorra retrabalho no futuro.  



Tags: características, comportamento, desenho do cargo, mercado de trabalho, oportunidade, perfil, recrutamento, rh, seleçao

Compartilhe: