Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Abril de 2017

País - Carnaval 2017

Carnaval no Ceará registra 46 assassinatos e 11 mortes em rodovias estaduais

Agência Brasil

A Secretaria de Segurança Pública do Ceará registrou 46 homicídios no estado entre as 18 h de sexta-feira (24) e as 6 h da Quarta-Feira de Cinzas (1º) deste ano - uma média de 9 assassinatos por dia. No carnaval de 2016, foram 53.

Nas estradas estaduais, o número de mortes caiu de 13 para 11 na comparação entre os carnavais de 2017 e 2016. As pessoas mortas em acidentes com motocicletas caiu pela metade: passou de 8 para 4. As ações de apreensão de armas tiveram resultado significativo: 91 armas foram apreendidas – aumento de 27% em relação ao carnaval do ano passado.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (2), o secretário da Segurança Pública, André Costa, considerou os resultados da operação de carnaval positivos e atribuiu os números menores em comparação ao carnaval de 2016 à atuação policial.

“A mudança se deve ao trabalho mais proativo das polícias. Não estamos inventando nada, as ações foram feitas conforme foram programadas, mas percebo que o policial se sente mais valorizado, estimulado e com mais vontade. Isso se reflete em mais abordagens.”

Atendimentos

No Instituto Dr. José Frota (IJF), principal hospital público de trauma de Fortaleza, o número de atendimentos caiu 7,8% no período entre a zero hora do dia 25 de fevereiro e as 23h59 da Quarta-Feira de Cinzas.

A direção do instituto atribui essa redução à descentralização do atendimento médico durante o período, pois outras unidades se prepararam para receber os pacientes.

Houve uma redução no número de atendimentos de vítimas de acidentes com motocicletas: 155 contra 186 no ano passado. Os acidentes com automóveis passou de 60 no carnaval de 2016 para 78 este ano.

*Com informações da TV Ceará

Tags: atendimentos, Carnaval, Fortaleza, Hospital, segurança

Compartilhe: