Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Abril de 2017

Cultura

Aos 85 anos, morre em São Paulo o cantor Cauby Peixoto

Agência Brasil

Um dos maiores cantores da música brasileira, Cauby Peixoto morreu na noite desse domingo (15), aos 85 anos, em São Paulo. Ele estava internado desde o dia 9 de maio no Hospital Sancta Maggiore, no Itaim Bibi, na zona sul de São Paulo. Segundo o fã clube do artista, ele morreu por volta da meia-noite. O hospital informou que o cantor teve um quadro de pneumonia.

Cauby Peixoto Barros nasceu em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, em 10 fevereiro de 1931. Cresceu em uma família de artistas. Trabalhou no comércio até começar a participar de programas de calouros no fim da década de 40, como a Hora dos Comerciários, na Rádio Tupi. 

Cantor foi um dos grandes nomes da chamada "era de ouro do rádio" no Brasil
Cantor foi um dos grandes nomes da chamada "era de ouro do rádio" no Brasil

Gravou o primeiro disco pelo selo Carnaval, em 1951, com o samba Saia branca, de Geraldo Medeiros, e a marcha Ai, que carestia!, de Victor Simon e Liz Monteiro. Foi um dos grandes nomes da chamada "era de ouro do rádio".

Em 65 anos de carreira, teve grande sucesso com músicas como Blue GardeniaConceiçãoMil MulheresBastidoresNew York, New York e Nada Além.

Cauby Peixoto  estava em turnê pelo Brasil com a cantora Angela Maria.

O corpo do cantor será velado na Assembleia Legislativa, no Parque do Ibirapuera. O sepultamento ocorrerá no fim da tarde, no Cemitério Congonhas, na zona sul da cidade.

Tags: brasil, era de ouro, fisco, história, morte, música, rádio, trajetória, turnê

Compartilhe: