Jornal do Brasil

Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017

País - Eleições 2016

'Le Monde': Rio elege candidato evangélico para prefeitura

Reportagem diz que eleição de Marcelo Crivella confirma inclinação a direita no Brasil

Jornal do Brasil

Matéria publicada nesta segunda-feira (31) pelo jornal francês Le Monde destaca que um senador evangélico, que há pouco tempo era demonizado por católicos e homossexuais, acaba de ser eleito para a prefeitura do Rio de Janeiro, confirmando a inclinação à direita no Brasil. O candidato Marcelo Crivellia do Partido Republicano Brasileiro (PRB direita) superou com 59,07% dos votos o esquerdista Marcelo Freixo, com 40,93% dos votos.

> > Le Monde Municipales au Brésil : Rio de Janeiro élit un candidat évangélique

A reportagem do Le Monde observa que, ao nível nacional, as principais lições aprendidas com o primeiro turno, realizado em 2 de outubro, foi o colapso histórico do Partido dos Trabalhadores (PT, esquerda) do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua protegida Dilma Rousseff, deposta no final de agosto pelo Senado. Enredado no escândalo de corrupção da Petrobras, o partido de esquerda que governou o Brasil desde 2003 perdeu quase dois terços das prefeituras que ganhou em 2012, diz o jornal. 

Le Monde afirma que o sucesso do candidato conservador simboliza a expansão do culto evangélico no país com o maior número de católicos do mundo
Le Monde afirma que o sucesso do candidato conservador simboliza a expansão do culto evangélico no país com o maior número de católicos do mundo

O diário francês aponta que apesar de um nível de popularidade bem baixo (14% de acordo com pesquisas recentes), o presidente Michel Temer sai mais forte do primeiro teste eleitoral desde que substituiu Dilma Rousseff. Seu partido, o PMDB, centro foi justamente quem ganhou o maior número de prefeituras no primeiro turno.

O segundo não apresentou grandes problemas ao nível nacional, com exceção do Rio. O destino pós-Olímpico da "cidade maravilhosa" foi objeto de uma luta de poder entre dois candidatos exatamente opostos.

De um lado, Marcello Crivella, 59 anos, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD, neo pentecostal). Favorito nas urnas, esse controverso e conservador personagem promete tolerância zero contra o crime. Do outro lado, Marcelo Freixo, com 49 anos, pertence ao Partido do Socialismo e Liberdade (PSOL), formado por dissidentes do PT, conhecido por ser contra as milícias armadas.

O candidato evangélico venceu com cerca de 15 a 20 pontos de vantagem. Le Monde afirma que o sucesso do candidato conservador simboliza a expansão do culto evangélico no país com o maior número de católicos do mundo. 

Nota do Jornal do Brasil sobre a publicação acima

Há uma grande preocupação do maior jornal da imprensa francesa com a política brasileira enquanto deveria se preocupar com a invasão islamita em seu próprio país, causando um verdadeiro banho de sangue, como em 2015 no chamado Massacre do Charlie Hebdo, quando um atentado terrorista atingiu o jornal satírico francês Charlie Hebdo resultando em doze pessoas mortas e cinco gravemente feridas. O ataque foi perpetrado pelos irmãos Saïd e Chérif Kouachi, vestidos de preto e armados com fuzis Kalashnikov, na sede do semanário. 

Vale lembrar que também em 2015 aconteceu o maior ataque terrorista da França, realizado pelo Estado islâmico. A capital francesa foi alvo de uma série de ataques terroristas em uma sexta-feira à noite, tendo como maior repercussão o ataque ao Bataclan, onde dois homens armados com fuzis AK-47 desceram de um carro e abriram fogo contra o bar Le Carillon, no 10º distrito. Mais de 100 pessoas foram mortas na ocasião. O jornal francês Le Monde contabilizou sete ataques em toda a cidade.

Tags: Crivella, eduardo paes, freixo, política, religião, Rio

Compartilhe: