Jornal do Brasil

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018 Fundado em 1891
Hildegard Angel

Colunistas - Hildegard Angel

Desligaram o disjuntor do fim do túnel Brasil, mas a falta de luz tem conserto

Jornal do Brasil

Vélox Vittar

O quadrinista Elyan Lopes lançou uma campanha de arrecadação de fundos no site Catarse para a impressão da HQ com o primeiro super-herói assumidamente homossexual nacional. Trata-se de Vélox - O Campeão da Liberdade, cujo história foi inspirada em Pabllo Vittar e nos nossos atletas da ginástica olímpica. Elyan quer que a personagem conquiste a própria revista impressa. O prazo para colaborar com o projeto, o que pode ser com vários valores, vai até 15 de setembro. Os brindes incluem desde a edição impressa com o nome do financiador nos agradecimentos até a transformação do doador em personagem na HQ. 

A escritora Conceição Evaristo é uma das homenageadas no Conjunto de Favelas da Maré

Maré alta 

A escritora Conceição Evaristo, o líder indígena Ailton Krenak e o líder quilombola Antonio Nêgo Bispo e a vereadora assassinada Marielle Franco (in memoriam) serão homenageados dia 8, em cerimônia no Conjunto de Favelas da Maré, com o prêmio Mestre das Periferias, idealizado pelo Instituto Maria e João Aleixo. O objetivo é estimular produtores de conteúdo nas favelas do Brasil. Os laureados recebem bolsa de R$ 30 mil, de incentivo à pesquisa. Em parceria com o Instituto, Conceição, Krenak e Nêgo Bispo vão produzir conteúdos para a Revista Periferias e participar de um pequeno documentário sobre suas trajetórias, além de mediar um ciclo de debates aberto ao público.

Princesa Isabel, a Santa Isabel do Brasil?

Princesa Isabel, dona Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon, a Isabel do Brasil

UM PEDIDO pela beatificação da Princesa Isabel, dona Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon, a Isabel do Brasil, repousa na Santa Sé, encaminhado por Dom Orani Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro, a quem foi enviada, tempos atrás, solicitação nesse sentido... SEGUEM OS TERMOS: «Solicitamos a Vossa Reverendíssima, a nomeação de um prelado da vossa Arquidiocese para ser o postulador desta causa, que certamente permitirá aos brasileiros conhecerem melhor e amar mais aquela que muito fez pelo bem do nosso País”... OS POSTULANTES não têm dúvida de que o acesso aos documentos e às fontes históricas, “revelarão uma vida edificante que muito motivará aos brasileiros e de modo especial aos fiéis católicos, a perseverarem na esperança de seguir o caminho de verdade e vida proposto por Nosso Senhor Jesus Cristo, via certa da salvação.”... DEVOTA DE SANTA Isabel da Hungria e Santa Isabel de Portugal, a princesa Isabel abraçou com fervor a causa da Abolição da Escravatura, que era também uma causa da religião católica... O FATO DE ELA ter assinado a Lei Áurea e, por essa razão, ter recebido do Papa Leão XIII uma Rosa de Ouro, respalda o pleito pela santidade... O ASSUNTO AGORA volta à baila com o lançamento, em outubro, da obra maior e mais completa sobre a Princesa Isabel, que custou 20 anos de estudos e pesquisas dos historiadores Maria de Fátima Moraes Argon, presidente do Instituto Histórico de Petrópolis e pesquisadora-chefe do Arquivo do Museu Imperial, e Bruno da Silva Antunes de Cerqueira, fundador do Instituto Dona Isabel, a Redentora... O LIVRO COLOCA uma lupa nesse aspecto do catolicismo da regente do Império e em outros momentos significativos, apresentando-a muito além da personagem de um momento pontual do Império...

DESLIGARAM O DISJUNTOR DO FIM DO TÚNEL BRASIL, MAS A FALTA DE LUZ TEM CONSERTO

LANÇO AQUI um desafio aos senhores candidatos do próximo pleito deste 2018: a leitura do Programa Para as Eleições Gerais de 2018 para o Petróleo, elaborado pela Associação dos Engenheiros da Petrobrás - AEPET... A APRESENTAÇÃO foi feita esta semana no Clube de Engenharia à sociedade brasileira em geral... FIZ UM “compacto”, mas o programa é longo e aprofundado. Ele apresenta as propostas de mudança e as de soluções. São mais de 30 páginas, trabalho do alto corpo técnico da Petrobrás, disponibilizado aos candidatos das próximas eleições. Vamos ver quais terão tino, inteligência, coragem e amor soberano à Pátria para se debruçarem sobre esse estudo... O PETRÓLEO, BEM público e estratégico, junto com o gás natural são fontes primárias de mais de 50% da energia consumida no planeta, e cuja disponibilidade é essencial ao desenvolvimento social e econômico e à soberania das nações... O PETRÓLEO É ESPECIAL, ele não tem substitutos em quantidade e qualidade. Sua alta densidade energética e a rica composição em orgânicos dificilmente encontrados na natureza, dão vantagem econômica e militar a todos que o possuem... A SOCIEDADE que conhecemos, sua complexidade, foi erguida e depende do petróleo. Mas o esgotamento do petróleo convencional e barato de se produzir está transformando, aceleradamente, essa sociedade... PAÍSES DESENVOLVIDOS não hesitam em, para assegurar o acesso às reservas de petróleo e gás natural, promover guerras, induzir revoluções, patrocinar golpes de estado, cooptar a mídia e corromper agentes públicos e privados... O BRASIL PRECISA garantir a propriedade do seu petróleo e ficar com seu valor de uso. Atender as necessidades dos brasileiros e erguer a infraestrutura dos renováveis para uma nova organização social... ATÉ O INÍCIO do século, como importadores de petróleo, sofremos o impacto das crises sucessivas no mercado internacional. Com a descoberta do pré-sal, a Petrobrás alcançou, já em 2015, um posicionamento estratégico de causar inveja às multinacionais do setor, então abaladas pela queda dos preços do petróleo e pela dificuldade de recuperar reservas esgotadas pela produção... PARA GARANTIR o suprimento de combustíveis ao mercado interno e reduzir a remessa de divisas para o exterior, a empresa implantou um parque de refino no país, modelado para processar petróleo nacional e importado... LEIS FORAM feitas possibilitando que a maior parte da renda petroleira se tornasse recursos para programas sociais, inovação tecnológica e o desenvolvimento da engenharia e da indústria nacionais... VIVÍAMOS NO TÃO almejado “país do futuro”, estava lá a “luz do fim do túnel”. Um clarão!... AS ENORMES RESERVAS de petróleo e gás existentes na região do pré-sal sinalizaram a oportunidade de se produzir todo o óleo necessário ao atendimento do mercado nacional e, eventualmente, exportar volumes excedentes... MAS ESMOLA demais pobre desconfia. Parecia um sonho imaginar que tudo caminhava no rumo certo para um povo acostumado sempre ao pior, às secas, à falta de educação, falta de saneamento, de moradia, às intempéries, ao desconforto, a quem era exigido todo o tipo de sacrifícios para superar dificuldades... E A FISIONOMIA do Brasil ia mudando, ficando mais bonitinha. Até que veio “alguém” e explodiu o transformador: “PUM!”... APAGOU-SE O CLARÃO do túnel, voltamos para o breu, a falta de perspectivas, a impossibilidade dos sonhos, o tal do neoliberalismo, o estado que é o mínimo para o povo e o máximo para o mínimo de gente - os privilegiados... PENSANDO EM reacender essas lâmpadas, a AEPET propõe um Programa de Petróleo aos candidatos, com 10 itens que, a grosso modo, são... 1. REVERSÃO DA PRIVATIZAÇÃO de ativos estratégicos e geradores de receita Atual... 2. ALTERAÇÃO DA POLÍTICA de preços da Petrobrás Atual (produtos importados, calculados em dólar, enquanto nosso parque de refino foi relegado e opera ocioso!)... 3. DESENVOLVIMENTO DA POLÍTICA de conteúdo local (o Brasil parar de gerar empregos no exterior e desemprego na indústria brasileira)... 4. CONTRATAÇÃO DIRETA da Petrobrás para a produção dos excedentes da Cessão Onerosa. A Lei de Partilha (Lei Nº 12.351/2010) prevê a possibilidade dessa contratação direta nos casos de interesse estratégico nacional (as petroleiras internacionais não querem, são contra, fazem pressão, quem pode, pode)... 5. ASSEGURAR O DIREITO da Petrobrás como operadora única do pré-sal. Após uma longa, injusta e equivocada campanha midiática contra a Petrobrás, transformando-a, através de “Fake News”, em uma “empresa falida e incapaz de investir na exploração do pré-sal”, o governo retirou da empresa o direito de ser operadora única do pré-sal e de ter, no mínimo, uma participação de 30% na exploração e produção de cada projeto licitado... 6. REVISÃO DO PLANEJAMENTO Estratégico e da Política de Distribuição de Dividendos da Petrobrás. Atualmente é prevista a venda de ativos de campos em produção, logística, refino e o abandono das áreas de petroquímica, fertilizantes e biocombustíveis... 7. CONTROLE DA EXPORTAÇÃO de petróleo. O atual governo não dispõe de uma política para o controle da produção e da exportação de petróleo. Não conhece, ainda, todo o potencial de reservas existentes no pré-sal, mas, assim mesmo (tem dó!), apressa leilões de áreas que podem conter dezenas de bilhões de barris de óleo, apenas para cobrir déficits fiscais... 8. REVISÃO DOS SUBSÍDIOS concedidos às petroleiras e da legislação que impacta as estatais. Analisar com rigor todos os subsídios concedidos, revogando leis como a 13.586/2017 e revisando as legislações facilitadoras aprovadas. O pré-sal não demanda incentivos, pois, os riscos de investimento são baixos, já está indo praticamente de mão beijada. As companhias viriam, como sempre vieram, para serem parceiras da Petrobrás... 9. ESTABELECIMENTO DE POLÍTICAS públicas para a distribuição da renda petroleira... 10. RECOMPRA DAS AÇÕES (ADR) da Petrobrás negociados em bolsas estrangeiras. Ações da Petrobrás são negociadas em bolsas norte-americana, europeia e argentina, o que submete a empresa à regulação exercida por leis e órgãos de fiscalização estrangeiros. É uma fragilidade desnecessária, agravada pela transferência de divisas para o exterior via remessa de dividendos...

-------------

NÃO SÃO só os Tribalistas. A formação original da Legião Urbana também está voltando. Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá voltarão aos palcos para comemorar os 30 anos de lançamento dos discos “Dois” e “Que país é Este”. As primeiras datas da turnê, que segue até abril de 2019, já estão confirmadas: 6 e 7 de setembro em Miami.15 de setembro no Rio de Janeiro, oba! 

-----------

Com João Francisco Werneck 



Tags: caderno b, cultura, hildegard, pablo vittar, petrobras

Compartilhe: