Jornal do Brasil

Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Juventude de Fé

A voz das juventudes nas eleições (VII) 

Walmyr Junior* 

No próximo domingo (2) teremos um compromisso com a democracia e para garantir um processo aberto e imparcial de debates nesta coluna, convidamos inúmeros candidatos a vereadores, de diversos partidos, para falar um pouco das suas trajetórias política e de suas propostas para a cidade do Rio de Janeiro. O nosso convidado de hoje é o advogado e musico Claudio Castro do Partido Social Cristão (PSC).

Claudio é missionário e evangelizador. Católico, defende políticas públicas a favor da vida. Como ex¬Chefe de Gabinete do Deputado Estadual Márcio Pacheco liderou a organização de trabalhos políticos e legislativos em defesa da vida, de crianças e adolescentes em situação de risco, de pessoas com deficiência, de combate às drogas, contra os ideais da ideologia de gênero em nossa sociedade. 

Claudio Castro
Claudio Castro

Membro da Pastoral Familiar e da Renovação Carismática Católica, atua como Coordenador Arquidiocesano do Ministério de Fé e Política. Um jovem político que acredita na política do bem comum, e que luta por um Rio com mais qualidade na saúde, na educação, na cultura, na mobilidade urbana, na segurança, da sociedade em que vivemos. 

Educação 

Garantir prioridades na educação com a participação de todos! Uma educação de qualidade deve atender indistintamente a todos. Para esse Rio que olhamos. Um Rio de inclusão. Precisamos dar condições para o carioca estudar, trabalhar, viver. Fazer da busca por mecanismos de eficiência dentro do sistema público e por um ensino público, gratuito e de qualidade, a nossa meta. Além do fortalecimento e investimento de recursos para professores e profissionais envolvidos na rede municipal. 

O Rio precisa do bem na EDUCAÇÃO. O direito de todos os cidadãos a uma educação básica de qualidade é reconhecido entre os Direitos Fundamentais da Pessoa Humana. Lutamos pela inclusão de todos, pela qualidade do ensino,  por salários dignos para professores, pelo acesso de crianças e adolescentes na escola.Queremos apoiar o investimento de recursos para fortalecer e equipar as escolas na cidade do Rio e trabalhar pelo aumento de número de creches populares em horário integral. Queremos fortalecer o ensino e a educação inclusiva. Defendemos o ensino religioso confessional na rede pública municipal, bem como todos os professores de religião.

Saúde

Valorizar profissionais, garantir atendimentos de qualidade, cuidar! Sabemos que a cidade do Rio necessita e merece uma política de saúde que garanta os direitos de todos os seus cidadãos, sem exclusão. Uma política comprometida em defender, preservar, cuidar, promover e celebrar a vida. A saúde plena que buscamos para todos relaciona-se às condições dignas de trabalho, de saneamento básico, de qualidade do transporte, de políticas de educação, e de inclusão. Queremos contribuir para o fortalecimento, valorização e ampliação do sistema de saúde em nossa cidade. Vamos trabalhar para municipalização de todas as vagas dos hospitais que estejam no território do município do Rio de Janeiro. Setorizar a regulação a situação das vagas por regiões. Valorização dos sistema de saúde e da qualidade no atendimento. 

Vamos trabalhar por políticas públicas que promovam a formação de equipes multidisciplinares nos setores de atenção à saúde. Buscar direitos e tratamentos iguais para pessoas com deficiência no município do Rio. Criar programas especiais de acesso à saúde e assistência integral das  mulheres e crianças. Promover o tratamento integral para pessoas com deficiência no Rio de Janeiro. Trabalhar pela capacitação e aprimoramento da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência.

Cultura

Cultura é vida! Acreditamos que a Cidade que clama por segurança, justiça e paz coloca o cidadão exposto a situações de vulnerabilidade. Entendemos que o acesso a cultura é uma alternativa para se promover e consolidar uma cultura de paz através do fortalecimento da Cidadania, dos Direitos Humanos, da Dignidade da Pessoa Humana através dos mecanismos culturais. Precisamos criar ainda mais projetos e ofertas acessíveis para todos fortalecendo as políticas municipais de cultura. Como incentivar ações culturais acessíveis para as pessoas com deficiência. Fortalecer o Conselho Municipal de Cultura. Trabalhar por políticas públicas de cultura do Município. Promover e integrar políticas culturais e de educação na cidade.

* Walmyr Júnior é morador de Marcílio Dias, no conjunto de favelas da Maré, é professor, membro do MNU e do Coletivo Enegrecer. Atua como Conselheiro Nacional de Juventude (Conjuve). Integra a Pastoral Universitária da PUC-Rio. Representou a sociedade civil no encontro com o Papa Francisco no Theatro Municipal, durante a JMJ.

Tags: Artigo, Fã, júnior, juventude, texto, walmyr

Compartilhe: