Jornal do Brasil

Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Juventude de Fé

A voz das juventudes nas eleições e nas urnas 

Walmyr Junior *

Com o intuito de traçar um itinerário de diálogos sobre temas específicos, a Coluna Juventude de Fé abriu espaço para 10 jovens que foram candidatos ao cargo eletivo de vereador da cidade do Rio de Janeiro. A nossa ideia era possibilitar uma visibilidade para as diferenças das legendas e colocar a juventude para dialogar sobre aquilo que acham que pode vir a ser um novo panorama de garantia de direitos a partir das políticas públicas de juventude. 

Dos nossos 10 convidados, Claudio Castro (PSC)e Leandro Lyra (NOVO) foram eleitos pelas suas legendas e coligações. Carolina Cacau (PSOL), MitãChalfun(PT), Tiago Botelho (PRTB), João Junior (PSB) e Viviane Salles (PC do B) não tiveram coeficiente eleitoral para serem eleitos. Os candidatos Pedro Duarte (PSDB), Binho Cultura (PDT) e João Pedro (PSL)foram convidados para este espaço, porém, não permitiram o desenvolvimento da entrevista. 

Sabemos que cidade do Rio de Janeiro ainda precisa avançar muito na garantia de direitos fundamentais. Vimos nesse período eleitoral que as candidaturas jovens para a disputa da Câmara dos Vereadores nos permitiram a ter um pouco de esperança sobre o futuro da nossa cidade. Porém a velha política ainda permeia os espaços de poder, excluindo os mais pobres das dinâmicas de participação. 

Queremos agradecer a todos e todas que se disponibilizaram e cederam seu tempo para nossos leitores. Aos candidatos eleitos: meus parabéns! Serei um incansável cobrador de seus mandatos e posições na câmara dos vereadores. Aos que não foram eleitos, desejo força e coragem para não desanimarem, a politica precisa de vocês! 

No mais, desejamos que os eleitores da cidade do Rio de janeiro possam escolher o melhor para o povo. Temos dois candidatos que disputarão a prefeitura no 2º turno das eleições e temos que debater incansavelmente os programas e projetos que melhor vão servir para toda a população. Não podemos cair no messianismo/farisaísmos de uns e no puritanismo/sectarismo de outros. O Estado é laico e democrático, cabe a nós decidir os rumos para a cidade.

*  Walmyr Júnior é morador de Marcílio Dias, no conjunto de favelas da Maré, é professor, membro do MNU e do Coletivo Enegrecer. Atua como Conselheiro Nacional de Juventude (Conjuve). Integra a Pastoral Universitária da PUC-Rio. Representou a sociedade civil no encontro com o Papa Francisco no Theatro Municipal, durante a JMJ.

Tags: Artigo, Fã, júnior, juventude, texto, walmyr

Compartilhe: