Jornal do Brasil

Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

Esportes - Olimpíada 2016

Comitê Rio 2016 não reembolsa ingresso a 140 mil pessoas

Jornal do Brasil

O Comitê Organizador Rio 2016, até esta quarta-feira (19), tinha deixado de reembolsar 140 mil consumidores que pediram estorno dos ingressos comprados para o evento. O compromisso divulgado anteriormente no portal era de devolver o valor até 30 dias após o evento, sem detalhes se seria após a Olimpíada ou a Paralimpíada, que terminou no dia 18 de setembro. 

O Procon-RJ, consultado por reportagem da Folha de S. Paulo, aponta que recebeu 43 reclamações relativas ao reembolso de ingressos revendidos.

O procedimento de estorno era oferecido a torcedores que, por motivo qualquer, desistissem de seus ingressos. Bastava disponibilizar os tíquetes na plataforma do comitê que, em caso de revenda, a quantia seria repassada. Um grupo estuda entrar com ação coletiva. 

Um advogado, entrevistado pela reportagem do jornal paulista, conseguiu revender R$ 30 mil por meio da plataforma, mas recebeu menos que a metade, R$ 12 mil. A mulher dele ainda teria também que receber R$ 2 mi. Eles se queixam de falta de retorno do comitê Rio 2016, como a ausência de canais de comunicação, que foram desativados. 

O Rio 2016 informou em balanço, três dias após os Jogos, em agosto, que 95% dos 6,5 milhões de ingressos disponíveis foram comercializados, com uma arrecadação de R$ 1,2 bilhão -- meta de venda estabelecida antes do evento.

O Comitê Organizador Rio 2016 disse que à Folha que, do total de pessoas com direito a reembolso, 57% foram pagas, e 140 mil ainda teriam valores a receber. O diretor de comunicação, Mario Andrada, informou que ainda nesta quarta-feira (19) essas pessoas seriam contatadas por e-mail. De acordo com ele, problemas ocorreram com ingressos adquiridos em 2015.

Hotéis reclamam falta de pagamento

Na semana passada, a Associação Brasileira da Indústria Hoteleira do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) anunciou que hotéis cariocas processariam o Comitê Organizador da Rio-2016 por falta de pagamento de diárias contratadas pelo órgão, em torno de R$ 4 milhões.

O presidente da ABIH-RJ, Alfredo Lopes, informou que há meses negociava o pagamento, e que vinha sendo informado da falta de recursos para quitar o débito, por ausência de pagamento de patrocinadores.

Tags: 2016, entrada, ingressos, jogos, olimpíada, online, problemas, reembolso, revenda, Rio

Compartilhe: