Jornal do Brasil

Domingo, 19 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Rio

Melhor caminho para a Glória: prefeitura confirma sua permanência no outeiro

Serviços do plano inclinado ficaram ameaçados, mas RioLuz nega fim dos contratos

Jornal do Brasil ROGÉRIO DAFLON, rogerio.daflonr@jb.com.br

Se a estátua do Cristo Redentor combina à perfeição com o Morro do Corcovado, a Igreja da Glória harmoniza belamente com o outeiro homônimo, dando um charme a um dos bairros mais bonitos do Rio de Janeiro. Para se chegar àquela instituição religiosa, há dois caminhos bem especiais As rampas projetadas em zigue-zague pelo arquiteto Lucio Costa, que respeitam o desenho natural do terreno da encosta, e o plano inclinado, inaugurado em 20 de janeiro 1944 pelo então prefeito Henrique Dodsworth. Os funcionários das empresas terceirizadas Star Five (operação) e Alfa Elevadores (manutenção) comentaram que a RioLuz, órgão da prefeitura responsável pela gestão do meio de transporte. rescindiria o contrato. Ontem, a própria RioLuz negou a intenção de dar um fim aos serviços das duas empresas. Em nota, disse o seguinte: “A RIOLUZ informa que os contratos de prestação de serviços de manutenção e operação dos planos inclinados, que dão acesso às igrejas do Outeiro da Glória e Nossa Senhora da Penha, estão em fase de reavaliação, porém, não foram rescindidos. Os serviços continuam sendo executados de maneira regular”. 

A notícia deixou o monsenhor Sérgio Costa Couto, capelão da igreja, respirando aliviado. Os funcionários, diante da perspectiva de demissão, informaram àquela irmandade que a tendência era de paralisação do serviço. 

Igreja da Glória harmoniza belamente com o outeiro homônimo, dando um charme a um dos bairros mais bonitos do Rio de Janeiro

O impacto desse zum-zum-zum aumentou ainda mais devido à festa de Nossa Senhora da Glória, cujo dia é comemorado no próximo dia 15. “O Outeiro da Glória já atrai uma boa quantidade de turistas. Mas esses dias têm sido mais intensos por causa da programação em torno do dia da Nossa Senhora da Glória. Por isso, ficamos felizes com a continuidade do serviço do plano inclinado”, disse o monsenhor. 

A programação é intensa mesmo. Hoje, entre 12h e 17h, haverá a “Exposição das Vestes de Nossa Senhora da Glória”. Depois, a partir das 17h30, acontece a Santa Missa e a Novena de Nossa Senhora da Glória. E, às 19h, haverá o Concerto Madrigal Cruz Lopes, no interior da igreja. Amanhã, o Espaço Glória Gourmet abastece fiéis e turistas durante toda a tarde.  

Uma das belas vistas da cidade, a Igreja da Glória e outeiro homônimo estavam com o serviço do plano inclinado sob ameaça de paralisação. Prefeitura, contudo, confirma continuidade

A programação, com missas todos os dias, só termina no dia 15, quando, às 10h, o cardeal do Rio, Dom Orani Tempesta, faz uma missa solene. No mesmo dia, a partir das 16h, uma procissão com a imagem da Nossa Senhora da Glória pelas ruas do bairro  tem a liderança do monsenhor  Sérgio Costa Couto.

O plano inclinado é fundamental para manter uma das igrejas mais importantes do Rio com uma visitação constante. Nela, as três portadas da fachada, por exemplo, são em pedra de lioz. Isso é uma das provas da sua qualidade construtiva, já que as  pedras de lioz jamais chegaram às igrejas de Minas Gerais, por causa de seu peso excessivo,  que, se fosse o caso, teriam de ser transportadas em burros para o interior. 

Alem do plano inclinado da Glória, a capital conta com o da Igreja da Penha, na Zona Norte, cujo contrato também está sob análise na prefeitura, assim como da Favela Pavão-Pavãozinho, na Zona Sul.



Tags: glória, outeiro, rio, rioluz, serviços

Compartilhe: