Jornal do Brasil

Hildegard Angel

Serena prima ballerina

Jornal do Brasil

Macaque in the trees
A TENISTA SERENA WILLIAMS fez retorno triunfante vencendo no US Open com um modelito de abalar. Um vestido de ombro só com tutu (a saia de tule das bailarias) criado para ela por Virgil Abloh / Nike. É a coleção "Queen", e inclui os tênis usados por ela no "match" em prata cintilante, outros vestidos, tênis e jaqueta. Foi seu primeiro US Open após ter a filha, Alexis Olympia Ohanian Jr., 1 ano esta semana (Foto: Instagram)

FLUP DAS PERIFERIAS E DA JUVENTUDE BRASILEIRA PERDIDA

NO PRÓXIMO fim de semana haverá um momento único da moda brasileira. Trata-se do início do projeto “A Moda e o genocídio dos jovens negros”, elaborado pela FLUP (Festa Literária das Periferias), em parceria com a Casa Zuzu Angel de Memória da Moda/Museu da Moda... O MOTIVO é não só lembrar a memória dos jovens negros, hoje sacrificados pelo poder público, vitimados por essa crescente cultura de violência e impunidade, bem como traçar um paralelo com o assassinato, pelo aparelho do Estado, de jovens brancos idealistas do movimento de 1968, época em que Zuzu Angel criou sua Moda política... A MÃE DE Marielle Franco, Marinete, representará aqueles que, como ela, sobreviveram para contar sua história e relatar sua luta pelo esclarecimento dos fatos... DO PROJETO, participarão criadores consagrados como Yamê Reis, Luiza Marcier, Luís de Freitas, Lucília Lopes, o carnavalesco da Mangueira, Leandro Vieira, e o professor de História da Moda, João Braga, que, junto com o Instituto Zuzu Angel, orientarão o desenvolvimento de uma coleção de denúncia e protesto, releitura do desfile político de Zuzu Angel em 1971, em Nova York, em que ela denunciou o desaparecimento e a morte de seu filho Stuart Angel e outros jovens brasileiros... PARA REEDITAR o desfile de Zuzu Angel no contexto atual de genocídio, foi convidado um coletivo de jovens talentos afrodescendentes da nossa Moda... CADA UM DELES criará um look para o desfile, que acontecerá em novembro no Cais do Porto... ATÉ LÁ, esses jovens estilistas farão uma série de imersões para se aprofundar no tema e desenvolverem a coleção... OS ENCONTROS se darão na Casa Zuzu Angel / Museu da Moda, onde se encontra o acervo com a obra de Zuzu... EM 7 DE SETEMBRO, será o encontro de Marinete Franco, a mãe de Marielle Franco, comigo, na condição de irmã de Stuart Angel e filha de Zuzu Angel, quando relataremos aos jovens participantes os episódios de violência sofridos por nossos familiares, nos diferentes contextos, em épocas diversas, evidenciando a impunidade e a ausência em nosso país de uma cultura de aprendizado e conscientização através de equívocos passados... NO DIA 8 de setembro, sábado, haverá o Seminário “Moda como Expressão de um Momento Político Brasileiro”, com a presença dos jovens estilistas, da organização da FLUP e dos representantes da nossa Moda que tanto nos inspiram... ELES TROCARÃO com os jovens criadores suas experiências de vida e de criação, além de abordar temas como Moda Política e Zuzu Angel... SERÁ MUITO enriquecedor ouvir um pouco da história de cada nome consagrado da Moda e seus conselhos. Além de conhecerem a Moda de Zuzu, eles possuem uma Moda autoral, que expressa muito bem o sentimento brasileiro...UM BATE-PAPO bem descontraído. Uma jornada de imersão, onde também todos estarão em contato direto com o rico acervo da Casa Zuzu Angel. No dia 8 de setembro, a partir das 14h... A FLUP PRESTA homenagem às mães dessa nossa promissora juventude perdida, que teve seus sonhos interrompidos, suas vidas sacrificadas e eliminadas. Jovens criminalizados, condenados e executados devido à cor de sua pele...

LEMBRANDO JOSÉ HENRIQUE, LILY MARINHO E NARA LEÃO

MORREU ONTEM José Henrique Ferraz, amado pela sociedade carioca e sua boemia... JOSÉ HENRIQUE era o proprietário do People, casa que fez história no Leblon, na Rua Bartolomeu Mitre, em dobradinha com o bar Antonio’s, logo em frente... NO PEOPLE, no térreo, assistia-se aos melhores shows de MPB, e no subsolo havia uma boate onde se podia dançar... FOI UM tremendo sucesso na década de 80, estendendo-se pelos 90... QUANTA COISA aconteceu por lá, quantas lembranças. Foi no People que Lily de Carvalho me confidenciou que tinha iniciado naquele dia seu namoro com Roberto Marinho, e que ele era um galanteador. Estava fascinada com sua conversa, suas atenções... MARINHO ERA ainda um homem casado, e nossa conversa permaneceu em segredo, até Hélio Fernandes descobrir o affair e publicar, na Tribuna da Imprensa, num sábado que incendiou o high brasileiro... REMARCÁVEL, O show de Nara Leão, provavelmente o último de sua carreira, no People... EU ESTAVA presente quando a cantora dedicou sua apresentação ao “Dr. Odilon”. Tratava-se de um juiz mineiro, que incorporava o espírito do “Mendigo”, a quem ela atribuía sua sobrevivência... NARA ESTAVA condenada a apenas mais dois meses de vida, devido a um tumor inoperável no cérebro, quando, em março de 1986, a contragosto, pois era cética, foi levada ao “Mendigo”, que uma vez por mês vinha ao Rio, à Fazenda Inglesa fazer seus atendimentos, na casa do diretor da Bandeirantes, Helio Polito... A FAMA das curas de “Mendigo” percorreu o país e chegou ao exterior, de onde chegavam centenas de doentes desenganados... CONSEGUIR UMA hora com “Mendigo” era dificílimo. Não tinha dinheiro, presente, nem “quem indicou”. “Mendigo” recusava qualquer agrado em troca de seu atendimento... EU TINHA ficado viúva uma semana antes, e meu marido estava com hora marcada na quinta-feira seguinte na Fazenda Inglesa. Nara poderia ocupar seu horário... COMO TIVE provas do poder de cura de Dr. Odilon, fiz de tudo para chegar a Nara, de quem era apenas conhecida. O que consegui através de seu empresário, Miguel Bacelar... ELA DESCONHECIA a gravidade de sua doença, e Miguel, bem como o marido da cantora tiveram que lhe contar os prognósticos dos médicos para convencê-la a aceitar ir ao espírita... FEZ MUITO BEM a Nara o tratamento de dr. Odilon, à base de ervas medicinais e uma dieta sem leite e derivados, sem álcool e maçã, proibindo a exposição ao sol e o transporte de avião e de elevador... FORAM MAIS três anos e três meses de vida, em que ela pôde viajar, fazer shows pelo país, como se despedisse de seu público, e lançar um disco, LP, em que uma das faixas falava desse homem que operava curas. Na contracapa, impressa, uma dedicatória para o dr. Odilon... DEPOIS DA morte de Nara em 9 de junho de 1989, entrevistei seu amigo Roberto Menescal em meu programa da TV E. E perguntei como se deu a morte de Nara, já que havia sobrevivido e estava em processo de cura... MENESCAL ME disse: “Acho que Nara se cansou do rigor do tratamento. Ela não podia andar na praia e pegar sol, como gostava tanto. Não podia receber os amigos para um bom vinho, pois não podia beber. A vida ficou chata. Ela se deixou morrer”... QUANDO SOUBE que um câncer levou José Henrique Ferraz, o José Galinha do People, lembrei-me de Nara no show, com seu violão. E voltou-me a lembrança de sua história triste, que agora conto... JOSÉ GALINHA, namorador de marca maior, teve em seu currículo a bela e disputada Isabela Lage. Era um homem bonito, com perfil bem semelhante ao de meu irmão, e quando o escultor Agostinelli pediu-me uma foto de perfil de Stuart, que eu não tinha, para esculpir sua imagem num medalhão de bronze, dei a do perfil de José Henrique Ferraz... FICOU TÃO parecido, que só eu sei que não é o meu irmão, é o irmão da Amelinha Ferraz Falk, cunhado de Arthur Falk, que hoje vive na Alemanha...  

---------

Macaque in the trees
A estreia de "Amar é para os fortes", primeiro filme dirigido por Marcelo D2, foi no CCBB. Estavam: Marcello Lobato e Amanda Rodrigues... Stephan Peixoto e Beatriz Alvez... Yachmin Gazaly e Marcelo D2... (Foto: Fotos de Cristina Granato)

Macaque in the trees
A estreia de "Amar é para os fortes", primeiro filme dirigido por Marcelo D2, foi no CCBB. Estavam: Luisi Valadão e Renata Richard... Marina Mandetta e Maurício Pessoa... BK e Hodari (Foto: Fotos de Cristina Granato)

---------

O CARNAVAL DA Paraíso do Tuiuti vai ser fofo. A Escola abriu inscrições na quadra, às segundas-feiras, 19h, para receber mulheres plus size para o desfile de 2019. A ideia é fugir aos padrões usuais femininos. A candidata deve levar duas fotos 3×4, cópia de RG e CPF e comprovar residência. As interessadas devem participar ativamente dos ensaios da Ala da Comunidade. Xô, magreza!

---------

Com João Francisco Werneck



Tags: cultura

Recomendadas para você