Jornal do Brasil

Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Juventude de Fé

Zona Norte apresenta o 7°Encontro de Longboard da Mafra ZN

Walmyr Junior

Recentemente, temos observado o skate de forma diferenciada. Antes criminalizado como esporte de ‘drogados e desocupados’, o agora esporte olímpico mostra ao mundo a sua relevância na perspectiva da mudança social e de novos paradigmas para as juventudes.

Sempre com o intuito de fazer uma grande festa, receber os amigos e se divertir que é o mais importante, o grupo Mafra ZN realiza mais uma edição Encontro de Longboard. O skate, que liga o asfalto e a favela, promove também a cultura do encontro, reúne pessoas de vários bairros diferentes e praticantes de todas as idades.

Marcio Praga, idealizador da atividade, nos afirma que muitas pessoas conheceram o skate através da Mafra ZN, todos que se aproximam foram e serão ajudadas por esse movimento de unidade. “Vejo o skate como umas das maiores ferramentas de inclusão social do momento. Nosso evento mostra e prova que apesar do nosso bairro (Penha Circular) não ter muitos atrativos, a Mafra ZN mostra que podemos fazer grandes movimentos e grandes festas voltadas para o bem, para ajudar o próximo”.

Zona Norte apresenta o 7°Encontro de Longboard da Mafra ZN
Zona Norte apresenta o 7°Encontro de Longboard da Mafra ZN

Marcio aponta também a necessidade de se investir na troca de valores com a molecada do skate “O importante é você fazer a criança feliz e trazendo para perto do grupo e orientando a andar de skate, mais também lembrando que tem que obedecer aos pais e tem que estar bem na escola, que é o principal”.                 

Uma das maiores ferramentas do esporte é a mudança de paradigmas. Apesar de não termos investimentos dos equipamentos públicos na cidade, a unidade das juventudes mostra que é possível realizar grandes sonhos.

Com o trabalho desenvolvido, a equipe garante que já vê de perto a possibilidade de conseguir um espaço para fazer a Mafra ZN Skate House. “Um sonho! Equipar uma casa com skate, mini rampa e que permita que venha surgir um projeto com a criançada, e logo depois começar a formular cursos, oficinas de grafite, fotografia, violão e muito mais”. concluiu o produtor

As atrações musicais do evento ficam a cargo do DjJulio Moska,  OldDirty Bacon lançando seu EP e a Rapaziada do grupo ‘Nata Química’ também vão apresentar aquele som bacana. A integração do grafite dentro do evento possibilitará os presentes a contemplar a arte do ‘Múmia’, grafiteiro do Bairro, que estará presente mostrando um pouco do seu trabalho.

Para não ficarmos de fora, vamos estar lá no dia 23/10 na rua Mafra - na Penha Circular a partir das 9h. O evento conta com muitas novidades entre elas, competições de Speed, Freestyle e full Slide. Vamos lá dar um roléOldSchooljunto com a rapaziada e seguir esse lema: “Mafra ZN coragem para seguir e os sonhos para sonhar!”

Mais informações podem ser encontradas na página do evento:

https://www.facebook.com/events/1165286330159149/

*  Walmyr Júnior é morador de Marcílio Dias, no conjunto de favelas da Maré, é professor, membro do MNU e do Coletivo Enegrecer. Atua como Conselheiro Nacional de Juventude (Conjuve). Integra a Pastoral Universitária da PUC-Rio. Representou a sociedade civil no encontro com o Papa Francisco no Theatro Municipal, durante a JMJ.                                                                                              

Tags: Artigo, Fã, júnior, juventude, texto, walmyr

Compartilhe: